Viúva de advogado morto é presa sob suspeita de participação no crime

A viúva do advogado Rubens de Azevedo Maia, 67 anos, encontrado morto na última segunda-feira, 23, em uma estrada de terra nas imediações de Cajupiranga, em Parnamirim, foi presa sob suspeita de estar envolvida no crime. Um homem apontado como executor do assassinato também foi preso pela Polícia Civil.

De acordo com a 2ª Delegacia de Polícia de Parnamirim, a viúva e o suspeito da executar Rubens seriam amantes. Eles teriam planejado a morte do advogado para se apropriarem dos bens da vítima.

Ainda segundo a polícia, ambos já haviam sido presos no início desta semana, mas a elucidação do caso só foi divulgada para a imprensa nesta quinta-feira, 26.

Crime

O advogado Rubens Maia foi abordado em seu carro, uma caminhonete Hilux, por dois homens armados, por volta das 22h, quando chegava em casa. Eles levaram a vítima em seu veículo até uma estrada carroçável em Cajupiranga, onde Rubens foi executado com tiros na cabeça. O carro foi achado a cerca de 800 metros de distância.

Conforme revelado pela polícia, a viúva de Rubens havia sido a última a ter contato com o advogado antes da abordagem dos criminosos. Os agentes desconfiaram da versão dos fatos dada pela viúva e prosseguiram com a investigação. Ela havia dito que também tinha sido abordada e que os bandidos haviam ordenado que ela descesse do carro para em seguida levarem o advogado. Durante a apuração, a polícia descobriu uma troca de mensagens entre a mulher e seu amante que confirmavam o plano para assassinar Rubens de Azevedo Maia.

A motivação para o crime, segundo a polícia, seria – além do relacionamento entre a viúva e o executor – a obtenção da herança após a morte do advogado, e também vingança. Rubens e o amante da sua esposa já teriam trocado ameaças em outra oportunidade.

Nem a mulher e nem o amante tiveram suas identidades reveladas. Eles estão presos e a investigação prosseguirá em busca dos outros envolvidos no crime.

 

Agora RN

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: