Policial que posou ao lado de Rogério 157 vai ter de esclarecer foto com ‘Dr Bumbum’

A policial civil que posou ao lado de Naldo, quando o cantor foi detido, e do traficante Rogério 157, durante sua prisão no ano passado, vai ter que prestar esclarecimentos à Corregedoria da Polícia Civil pela foto tirada ao lado do médico “Doutor Bumbum”. Segundo o corregedor da coorporação, Gilson Emiliano, o procedimento aberto para apurar a foto de Miriam Glória dos Santos com o traficante será aditado para que o novo caso seja investigado. Segundo Emiliano, trata-se de uma “transgressão disciplinar continuada”.

— A sindicância aberta para apurar a foto da policial ao lado do Rogerinho 157 está em fase de ultimação. Ela já foi indiciada e vai apresentar defesa, agora, desta feita, com mais um fato atribuído a ela. A sindicância está em fase de finalização — disse o corregedor da Polícia Civil.

Apontato como pivô de uma violenta disputa entre criminosos pelo controle do tráfico na favela da Rocinha, Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, era um dos bandidos mais procurados do Rio. No momento da prisão, Rogério estava vestido com uma camiseta preta com a frase “Wild spirit” (“Espírito selvagem”, em tradução livre). Após a prisão dele, vários policiais posaram a seu lado e registraram sefies.

Policial ao lado de Rogério 157
Policial ao lado de Rogério 157 Foto: Reprodução redes sociais

A Corregedoria abriu uma investigação interna em dezembro de 2017, quando 157 foi preso, sobre a conduta dos agentes que celebraram com selfies sorridentes a prisão do traficante. Na ocasião, o delegado Gabriel Ferrando, titular da 12ª DP (Copacabana), criticou o que chamou de “excesso” nas fotos dos agentes. Logo depois, uma foto do próprio delegado ao lado do bandido viralizou. Na ocasião, Ferrando tentou minimizar o fato alegando que houve “explosão de adrenalina”.

A foto da policial ao lado do “Doutor Bumbum” começou a circular na quinta-feira em grupos de WhatsApp e nas redes sociais acompanhadas de muitas críticas. Policiais questionam o comportamento exibicionista da agente e lembram o seu passado de “selfies” com detentos. “Quem desconhece os fatos dirá que é uma linda foto de colegas de trabalho! Deprimente!!!”, diz uma das mensagens. Em outro trecho, são feitas críticas à Polícia Civil: “e eu que achei que no episódio do Rogério 157 a PCERJ tinha aprendido”.

A Polícia Civil foi procurada para comentar o caso, mas não houve respostas até a publicação desta reportagem.

Além da policial, outro agente também aparece no registro — ela segura uma arma, ele está de mãos cruzadas. O lugar onde a foto foi feita parece ser o escritório do advogado de defesa do “Doutor Bumbum” e de sua mãe, na Barra da Tijuca. Os dois foram presos em um prédio comercial do bairro e levados para a 16ª DP (Barra da Tijuca), que investiga o caso, na quinta-feira.

Cantor detido

Naldo Benny, que não escapou da selfie com a policial, foi preso em dezembro de 2017 por porte ilegal de arma. Ele foi solto pouco tempo depois, após pagar uma fiança. À época, o cantor havia sido denunciado pela ex-dançarina Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, que o acusou de agressão. Conforme o relato dela na ocasião, Naldo tinha uma arma em casa não registrada.

Policial com Naldo
Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: