PM é condenado a 20 anos de prisão por matar namorada a pauladas

O policial militar Gleyson Alex Araújo Galvão foi condenado a 20 anos de prisão pela morte da namorada Vanessa Ricarda de Medeiros, 37 anos, executada a pauladas em 14 de fevereiro de 2013 em um motel no município de Santo Antônio, a 70 quilômetros de Natal. O júri do policial ocorreu nesta quarta-feira (25).

Preso desde a data em que ocorreu o crime, apesar de ter divulgado vídeos fora da prisão durante o período que antecedeu o julgamento, Gleyson Alex foi condenado por homicídio triplamente qualificado, já que a morte ocorreu por motivo fútil, de forma cruel e sem possibilidade de defesa por parte da vítima.

Atualmente, o policial está custodiado em Batalhão da PM na zona Norte de Natal.

O crime

No dia em que Vanessa Ricarda de Medeiros, ela e o namorado haviam reatado a relação no dia do crime. De acordo com a polícia, o crime foi descoberto por volta das 1h30 do dia 14 de fevereiro de 2013, quando um funcionário do motel chamou os policiais após ter ouvido a vítima sendo espancada em um dos quartos. Gleyson Alex foi encontrado com um comportamento estranho e agressivo. Segundo o proprietário do motel onde o caso ocorreu, o PM havia tentado cavar um buraco para enterrar o corpo de Vanessa.

Para a polícia, Gleyson confessou que espancou a namorada. Ele disse que o casal havia terminado o namoro de três anos e, após ser procurado por Vanessa, eles reataram e resolveram ir para o motel, quando a briga aconteceu.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Gleyson Alex queria que a namorada fizesse sexo com ele na frente de outro homem. Os três estavam no quarto, mas a advogada se recusou a atender o PM, que então começou a espancá-la com um pedaço de pau. O outro homem teria fugido enquanto a advogada era espancada pelo policial.

Vanessa foi encontrada no quarto bastante ensanguentada e desfigurada e chegou a ser socorrida com vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela foi levada para o hospital de Goianinha, onde já chegou morta.

 

POR TRIBUNA DO NORTE

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: