Arquiteto Potiguar cria propostas e ideias urbanísticas para Natal

Para estimular o debate e o diálogo sobre a estética arquitetônica da cidade e promover incentivos à população em cobrar por melhorias pra cidade, o Arquiteto e Urbanista Manoel Fagundes Júnior, iniciou uma série de propostas, divulgadas nas redes sociais conhecidas por @ideiasparanatal, como projetos de intervenção para espaços da cidade. Inicialmente com foco na zona Norte, os trabalhos são feitos como sugestão para dar uma nova cara a diversas áreas que hoje estão abandonadas ou em péssimo estado de conservação, e hoje seu trabalho foi ampliado para outras regiões da cidade.

Graduado no Curso de Arquitetura e Urbanismo desde 2015, O Arquiteto potiguar, passou sua infância em Belém, adolescência em Manaus, morou por um ano e meio em Porto Alegre (RS) e conhece várias outras cidades do Brasil por passagem. Ao comparar a cidade de Porta Alegre, por exemplo, (sua última viagem) observou que o meio urbano organizado e a existência de opções de lazer em espaços naturais, são fatores determinantes para o combate do estresse e interferem diretamente no comportamento da população. “Ao Voltar para Natal-RN, encontrei uma cidade ainda mais degradada em situação de calamidade. A população, por desconhecimento, acaba achando isso normal, e são pessoas cada vez mais conformadas em se manterem presas dentro de suas casas, com a falta de lazer na cidade, a população não tem motivação pra sair de casa tornando os espaços públicos mais vulneráveis contribuindo para a insegurança dos espaços e sem contato com a natureza, sem contato com a sociedade, nos tornamos uma população mais estressada”, avalia.

Com essa motivação, o profissional tem identificado locais na cidade em total estado de abandono e pensado em novas propostas. Os projetos arquitetônicos e urbanísticos são desenvolvidos de forma voluntária e postados na sua página no Facebook e Instagram conhecido por “IDEIASPARANATAL”. Assim surgiram as propostas como uma nova Área de Lazer do Panatis, a 12ª Distrito Policial, uma orla para Ponta Negra, entre vários outros que você poderá conferir na página dele em vídeo explicativo. Ele explica que sempre pensa em espaços sem grades ou muros de forma que a população possa usufruir de maneira plena dos espaços urbanos. Seu objetivo é chegar a pelo menos cem ideias para cidade, para fechar com chave de ouro, apresentando seu TCC que foi um projeto de mobilidade urbana pra toda a cidade da Zona Norte a Sul com foco nas principais vias da cidade com a aplicação de um BRT, calçadas acessíveis, parque lineares, passagem de nível, viadutos e rotatórias espalhadas em pontos estratégicos que mantem o trânsito livre e fluido.

O Arquiteto defende que uma cidade mais organizada começa pela mobilidade urbana com foco no transporte coletivo, “Um transporte público em péssimas condições, tende a fazer com que a população comece a optar pelo transporte individual criando um inchaço na malha viária, o transporte individual não pode ser uma necessidade pra população como o nome mesmo já diz o carro é de passeio, mas não podemos obrigar a população a usar um transporte caro, desconfortável, que demora e ainda por cima sem acessibilidade. O estado deve prover um transporte de qualidade pra manter a funcionalidade da cidade.”

Estou promovendo esse trabalho para chamar a atenção primeiramente da população e dos nossos gestores públicos. No futuro, pretendo dar palestras e apresentações em locais estratégicos para mostrar que podemos melhorar cada vez mais nossa cidade. Não podemos mudar o mundo, mas podemos ajudar a mudar, se cada um fizer sua parte será mais fácil, pois se juntarmos pequenas coisas poderemos torná-las grandes”, afirma.

Ele defende ainda que o Arquiteto e Urbanistas é peça chave no combate a falta de segurança urbana, que uma cidade cada vez mais abandonada torna a ser cada vez mais perigosa e que o poder público é parte essencial pra promover medidas estratégicas pra assegurar a segurança pra sociedade não só por medidas ostensiva de policiamento, mas como mudança no plano diretor em criar métodos onde as ruas e parques sejam de forma natural, vigiada pela própria população, evitar que os espaços públicos estejam favorável ao agente motivador (criminoso), mantendo os espaços bem iluminado pela noite, evitando muros nas ruas, mantendo o local limpo, o adensamento também é um aliado nessa questão, pois quanto mais pessoas nas ruas, o agente motivador pensará duas vezes em cometer um crime!

Veja abaixo algumas propostas do Arquiteto:

Proposta do 12º Distrito policial em Itapetinga pois as instituição deve promover conforto ao usuário.

Proposta do Camelódromo (Shopping Popular), na Zona Norte para promover o incentivo ao crescimento da região.

Proposta do Calçadão em trecho da avenida Câmara Cascudo

Proposta da orla de Ponta Negra com alargamento da calçada, aplicação de ciclovia e aumento da faixa de areia da praia.

Você pode ver com mais detalhes essas e outras proposta pela página no endereço do link abaixo:

https://www.instagram.com/ideiasparanatal/

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: