Número de mortes por Covid-19 no RN mais do que dobra em 13 dias

O Rio Grande do Norte ultrapassou as duas centenas de mortes confirmadas pela Covid-19. Nesta segunda-feira, 25, a Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sesap) divulgou que o Estado conta com 212 mortes confirmadas pela doença, e outras 40 continuam em investigação. Enquanto para atingir a primeira centena de mortes confirmadas o RN demorou 66 dias, foram necessários apenas 13 para que o Estado ultrapassasse os 200 óbitos, o que revela o avanço e evolução rápida da pandemia por todas as regiões do Estado.

Na coletiva, o Secretário destacou que o Estado possui, 12.856 casos suspeitos, 4.774 confirmados e 10.276 descartados. De acordo com o secretário adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, os testes apresentam, cada vez mais, resultados positivos, ao invés de descartados. “Os casos estão tendo resultados muito mais positivos do que anteriormente, o que mostra o avanço da pandemia”, afirma. De acordo com ele, o RN ultrapassou “muito rapidamente” a barreira das 200 mortes confirmadas, um motivo de preocupação para a Secretaria, principalmente considerando as elevadas taxas de ocupação dos leitos críticos.

Até essa segunda-feira, 467 pessoas encontravam-se internadas pela doença no Rio Grande do Norte. “É importante destacar que 285 leitos já foram criados nesse processo. Isso mostra como é grave a evolução da pandemia e que, apesar da criação de leitos, continuamos com uma taxa de ocupação terrivelmente preocupante”, diz Spinelli.

As taxas de ocupação em Mossoró, atualmente, encontram-se em 95%, enquanto em Pau dos Ferros, 80% dos leitos estaduais estão ocupados. A situação mais crítica é observada na Região Metropolitana de Natal, onde, apesar da abertura de leitos, 97% da rede encontra-se ocupada. Em Caicó, o Hospital conta com 64% de ocupação.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: