Natal é o 3º destino mais procurado por turistas nacionais em junho e julho, diz Ministério do Turismo

Natal é o terceiro destino mais procurado do Brasil em viagens nacionais entre os meses de junho e julho deste ano. A informação foi divulgada pelo Ministério do Turismo nesta segunda-feira (24), resultado da Pesquisa de Sondagem Empresarial das Agências e Organização de Viagens realizada com 2 mil agências de viagens do país.

A capital potiguar, segundo o estudo, foi a terceira cidade mais procurada pelos turistas domésticos, ou seja, com origem de outras cidades do Brasil. Natal só ficou atrás Fortaleza (CE) e Maceió (AL) nas buscas nas agências. O relatório, no entanto, não divulgou o número de pessoas que estiveram na capital potiguar em junho e quantos têm perspectiva ou já contrataram pacotes para viajarem ainda no final deste mês e em julho.

Os dados do Ministério do Turismo apontam que a maior porcentagem dos viajantes que desembarcaram ou vão desembarcar no Rio Grande do Norte entre junho e julho são oriundos do próprio estado, num total de 26,2%. O número é seguido por pessoas vindas do Amapá (11,1%), do Rio Grande do Sul (10,3%) e do Paraná (9,8%).

Atrás do próprio Rio Grande do Norte, o Rio de Janeiro é o estado mais procurado nas agências de viagens por pessoas que vão sair de cidades do RN: 11,9%. A Paraíba está na sequência, com 9,5%. As viagens internacionais registram 14,3% dos interesses dos turistas que saem do estado.

 Tentamos contato com a Secretaria Municipal de Turismo (Setur) para comentar o tema, mas não teve as ligações atendidas e nem retornadas.

Atrás de Fortaleza (CE), Maceió (AL) e Natal (RN) na lista das 10 cidades mais procuradas neste período estão consecutivamente Gramado (RS), Rio de Janeiro (RJ), Porto Seguro (BA), Ipojuca (PE), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Campos do Jordão (SP).

Perfil

A Pesquisa de Sondagem Empresarial das Agências e Organização de Viagens apontou ainda que 40,2% dos consumidores das agências são casais com um ou mais filhos. Outros 23,2% viajam em casal, 22,6% com parentes ou com amigos e 14% das pessoas que procuraram as agências buscavam viajar sozinhas.

A renda também foi analisada pela pesquisa, que aconteceu pela primeira vez. Ao todo, 40% dos viajantes que buscaram as agências para viagens entre junho e julho recebem de R$ 3.500 a R$ 9 mil – essa é a maior porcentagem. Elas são seguidas por pessoas que ganham entre R$ 1.500 e R$ 3.500, que são 28%, e de pessoas que ganham de R$ 9 mil a R$ 18 mil, que são 17,9%.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − cinco =

%d blogueiros gostam disto: