“Não vale o ar que respira. Abandonou o filho para minha mãe criar”, diz irmão de Sara Winter

Ao contrário do que se poderia esperar, nem todos os familiares da autodenominada ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, ficaram preocupados com a busca e apreensão que a Polícia Federal fez ontem em sua residência, em Brasília. O irmão da jovem, Diego Giromini fez postagens no Facebook ironizando o fato. Sobre um texto em que ela reclama que a PF levou o celular e o notebook, Diego comenta: “Deveriam levar vc também irmã querida. Mas logo vc vai”. Ao fim, ele acrescentou um emoji que pisca o olho.

Ao comentar o vídeo em que a ativista faz ameaças ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, dizendo que vai “infernizar” a vida do magistrado, o rapaz escreveu, ao lado de emojis que choram de rir: “Igual trovão! Só faz barulho”. Em relação a outro vídeo, em que Sara chora no ombro de um homem, Diego comentou: “Hora da ceninha”.

Identificado nas redes sociais como motorista particular, o rapaz não faz questão de esconder a aversão que tem à irmã. Na introdução do perfil do Facebook informa que é “infelizmente irmão de Sara Winter” e reforça a ideia com imagens de bonequinhos vomitando e desenhos de fezes.

Não é a primeira vez que ele se manifesta publicamente contra Sara. Há dois vídeos no YouTube em que Diego dá depoimentos sobre a moça, o último do ano passado. Diz que Sara deveria estar no hospício ou na cadeia, afirma que ela foi prostituta , a acusa de abandonar o filho e alerta a ministra Damares Alves para o erro de tê-la na equipe, já que por um tempo trabalhou Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Atualmente Sara não faz parte do governo.

A amigos, a ativista comentou algumas vezes que tem um irmão “problemático” e o próprio rapaz reclama no vídeo que a irmã mente ao dizer que ele é “cracudo”.

Nos comentários das postagens de Diego no Facebook, os seguidores são bastante críticos a Sara Winter. “Cara de pau”, “megalomaníaca maluca” e “nazista” são algumas das expressões utilizadas para defini-la.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: