Movimento de passageiros no Aeroporto de Natal cresce 8,7% em dezembro de 2018

Por G1 RN

O fluxo de passageiros no Aeroporto de Natal no mês de dezembro de 2018 alcançou a marca de 251 mil passageiros e 1.946 pousos e decolagens. A movimentação foi 8,7% maior do que a registrada no mesmo mês de 2017.

No acumulado do ano, o Aeroporto de Natal movimentou cerca de 2.43 milhões de passageiros e mais de 19 mil aeronaves, segundo a Inframerica – administradora do terminal. O 2º semestre apresentou os melhores resultados operacionais, sendo novembro e dezembro os meses com o maior fluxo de passageiros. A perspectiva é de movimento maior em 2019 com o aquecimento da economia.

Para o mês de janeiro estão previstos o total de 387 voos extras. Só nos primeiros 10 dias, 44 mil pessoas já desembarcaram no aeroporto para curtir as praias da região. Segundo a Inframerica, a maioria dos voos tem como origem os estados do Sudeste e Centro-Oeste e também do exterior, como Portugal e Argentina.

A pontualidade das operações também foi positiva em 2018. Dos mais de 19 mil pousos e decolagens que ocorreram durante o ano, 90% estavam dentro do horário.

Terminal de Cargas

A movimentação do Terminal de Cargas de Natal ficou acima da expectativa em 2018. O Aeroporto movimentou 15,7 mil toneladas, finalizando o ano com aumento de 27% em relação ao ano de 2017. A principal remessa do Terminal de Cargas continua sendo a exportação de frutas e peixes para a Europa. O estado do Rio Grande do Norte é o maior exportador nacional de peixes das espécies atum e meca, com 26% da fatia total exportada. Já as frutas, mamão, manga e melão, equivalem a 70% das remessas.

O Terminal de Cargas do aeroporto passou por reformulações no ano passado. O espaço dobrou a capacidade de armazenamento de cargas refrigeradas para atender materiais que necessitam de conservação em temperaturas mais baixas. As câmaras frias possuem um sistema de controle térmico com divisões cargas que demandem graus de temperatura diversos em uma área total de 1.500 m3. O sistema faz o controle da temperatura, da umidade com calibração, câmeras de segurança e gerador de energia dedicado.

A Lufthansa Cargo, juntamente com os produtores locais, foi uma das responsáveis pelo aumento nas exportações. A empresa aumentou sua frequência no aeroporto, operando duas vezes na semana. Em 2018 foram 189 pousos e decolagens da companhia que levaram em 5,9 mil toneladas de cargas para a Europa.

G1

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − sete =

%d blogueiros gostam disto: