Greve de motoristas de ônibus causa aglomeração em ônibus de Natal (RN)

Em Natal, a crise no combate ao coronavírus ganhou um novo ingrediente nesta segunda-feira (22).

Dos mais de 250 ônibus que deveriam circular em Natal durante a pandemia, só dez saíram das garagens. Os motoristas entraram em greve o que provocou muita aglomeração. Teve ônibus que saiu com a porta aberta de tão lotado.

A taxa de isolamento no fim de semana ficou abaixo dos 40%, o pior índice desde o início da pandemia, há mais de três meses. Os leitos de UTI continuam todos ocupados. E, nesta segunda, o Ministério Público Federal, Estadual e do Trabalho recomendaram ao governo do estado e às prefeituras para não diminuir o isolamento social com a reabertura gradual do comércio, que estava prevista para esta quarta-feira (24).

“Todos os locais aqui no Brasil e fora do Brasil em que os critérios quando foram desprezados, o resultado foi absolutamente desastroso”, analisa Xisto Tiago, procurador do MPT/RN.

De acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Norte, 200 pessoas morreram sem acesso a um leito de UTI no estado.

“Não quer dizer que se essas pessoas tivessem chegado a um leito, tivessem sobrevivido, mas significa que elas não tiveram a chance ”, afirma Iara Pinheiro, promotora de Justiça.

O governo do Rio Grande do Norte declarou que vai avaliar a recomendação. O estado tem 19.910 casos de Covid e 730 mortes.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: