Governo do Rio Grande do Norte admite colapso no sistema de saúde de Natal

Depois de uma semana sem vagas de UTI, o governo do Rio Grande do Norte admitiu que o sistema de saúde de Natal colapsou.

As irmãs Maria Gorete e Maria José estavam internadas com a Covid-19 e morreram num intervalo de cinco horas. A mãe delas já tinha sido vítima da doença. “Eu não sei explicar o tamanho da dor que a família sente. Só Deus sabe o quanto está sendo doloroso perder três pessoas em menos de 15 dias, de uma forma tão cruel”, conta Bianca Nathally, sobrinha das vítimas.

Dona Raimunda também morreu num hospital de Natal depois de esperar oito dias por um leito de UTI. “Infelizmente, o estado não conseguiu chegar com uma UTI para ela, mas ela está nas mãos de Deus”, lamenta Jeferson, filho de dona Raimunda.

De acordo com a Secretaria de Saúde, nas últimas 24 horas, o Rio Grande do Norte teve o maior número de mortes registradas desde o início da pandemia: 41. A taxa de ocupação dos leitos de UTI continua em 100% na Região Metropolitana de Natal. E, pela primeira vez, o governo admitiu o colapso na rede pública de saúde da capital.

“Infelizmente é o recorde. Esse número, ele está um número crescente ainda, infelizmente, nós estamos numa fase muito difícil. Você percebe que há um colapso muito em Natal e há um colapso relativo na Região Metropolitana”, afirma Petrônio Spinelli, secretário adjunto de Saúde do Rio Grande do Norte.

Nesta quarta-feira (17), de novo, teve fila para fazer os testes rápidos de diagnóstico. Nesta terça (16), dos 1.033 exames, 319 deram positivo, mais de 30%.

“Se a gente não quiser estar aqui, mais uma vez, daqui a dez dias, dando notícia de que está 100% ocupado, que tem fila, nós precisamos garantir o isolamento social agora. Mantida a progressão, nós podemos abrir os leitos que forem – está certo? – que nós vamos ter dificuldade de ter suficiente”, diz Petrônio Spinelli.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: