Governo deve entregar Museu da Rampa e Centro de Convenções até o fim do ano

Com as obras de reforma, o Centro de Convenções de Natal vai dobrar a capacidade de atendimento, o que vai permitir que o Rio Grande do Norte entre de vez no roteiro nacional do turismo de eventos

José Aldenir / Agora RN

Expectativa do Governo do RN é que Centro de Convenções fique pronto até o fim de 2018.

O turismo do Rio Grande do Norte ganhará dois novos equipamentos até o fim do ano. A Secretaria Estadual de Infraestrutura (SIN) planeja entregar o Museu da Rampa e a ampliação do Centro de Convenções de Natal até o mês de dezembro.

Com as obras de reforma, o Centro de Convenções de Natal vai dobrar a capacidade de atendimento, o que vai permitir que o Rio Grande do Norte entre de vez no roteiro nacional do turismo de eventos. O local vai passar da área atual de 14,2 mil metros quadrados para 23,6 mil metros quadrados. Desta forma, a capacidade total será de atender até 12 mil pessoas.

A obra foi iniciada em 2015, mas sofreu com diversos atrasos ao longo dos anos. “O maior problema foi a demora na liberação de verbas federais (a construção tem o orçamento de R$ 30 milhões do Governo Federal e outros R$ 5 milhões do Estado). No primeiro ano de obras, por exemplo, nós recebemos apenas R$ 1 milhão”, detalha Jáder Torres, atual titular da Secretaria

O Centro de Convenções contará com um novo pavilhão de feiras de 7,9 mil metros quadrados e mais três auditórios para 650 pessoas cada um no pavimento inferior. “A estrutura vai dobrar a capacidade de atendimento. Hoje, o dinheiro está alocado e esperamos concluir a obra até o fim do ano”, afirma.

Outro importante equipamento turístico da capital, o Museu da Rampa, no bairro das Rocas, zona Leste de Natal, também será entregue até dezembro. As obras do espaço foram iniciadas em 2015, mas foram interrompidas por falta de recursos e adequações ao projeto. “A estrutura custou R$ 8 milhões. É um equipamento que vai potencializar o turismo no Rio Grande do Norte. É um ponto importante de preservação da história potiguar, para que os visitantes conheçam este pedaço importante da história potiguar”, analisa Jáder Torres.

A estrutura também terá o Museu do Aviador, com auditório, que será utilizado para exibir equipamentos, fotografias e documentos sobre a história da aviação no Rio Grande do Norte.

POR AGORA RN

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: