Ex-deputado que defende caça de animais silvestres vai comandar o Serviço Florestal Brasileiro

Valdir Colatto criticou a escolha do general Franklimberg para a Funai e disse que ele havia sido exonerado por ser “onguista e petista”

 

SÃO PAULO – A ministra Tereza Cristina , da Agricultura , informou por uma rede social que o ex-deputado Valdir Colatto(MDB-SC) vai comandar oServiço Florestal Brasileiro .Colatto é autor de um projeto de lei, apresentado em 2016, que libera a caça de animais silvestres no Brasil, mesmo dentro de unidades de conservação.

O projeto prevê ainda a criação de fazendas particulares de caça de animais silvestres e dá permissão a zoológicos para que vendam animais para criadouros particulares. O texto só exclui da caça animais domesticados e espécies em risco de extinção.  O então deputado – ele não foi reeleito em 2018 – também incluiu no projeto permissão para comercialização de animais silvestres e retirada do porte de arma de fiscais ambientais. Integrante da bancada da bala, ele incluiu no texto flexibilização da posse de armas para proprietários rurais.

O Globo

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dezesseis =

%d blogueiros gostam disto: