Enfermeira diz que pacientes com coronavírus são deixados para morrer em hospital nos EUA

Uma enfermeira norte-americana revelou como os pacientes em estado grave de Covid-19 são tratados em um hospital no Texas, nos EUA. Segundo Lawanna Rivers, eles são deixados para morrer em um quarto chamado de ‘cova’. “Eu nunca vi isso em toda a minha vida, nunca”.

O vídeo foi publicado em uma rede social no dia 7 de novembro e tem 50 minutos. Durante a transmissão, a enfermeira chora ao contar os detalhes. “Fui colocada no que é chamado de ‘cova’ e nesse quarto estavam oito pacientes, todos positivos para Covid-19. No meu primeiro dia de orientação, me disseram: quaisquer que sejam os pacientes que vão para a ‘cova’, só saem num saco para cadáveres”.

A enfermeira disse que os pacientes que iam para a ‘cova’ recebiam poucas visitas dos médicos, pois eram “casos perdidos”. “Eu vi muitas pessoas morrendo que eu sinto que não deveriam ter morrido. Aquela missão me partiu”, disse.

Ela também afirmou que o único sobrevivente do coronavírus naquele andar era a esposa de um médico, que ela disse ter recebido tratamento preferencial. “A enfermeira que me orientou tinha uma paciente, ela se chamava paciente ‘VIP’, era mulher de médico”.

“Eles puxaram todos os obstáculos por aquela mulher – não havia nada que eles não fizessem por aquela mulher. E adivinha? Ela foi a única paciente que saiu viva da UTI.”

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: