Em vídeo, Bolsonaro faz gesto de arma em mão de criança

Um vídeo gravado em Goiânia nesta quinta-feira (19) mostra o deputado federal e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) ensinando uma criança a fazer o gesto de uma arma com as mãos. As imagens causaram polêmica nas redes sociais, inclusive entre outros pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

As imagens mostram que Bolsonaro havia acabado de subir em um carro de som no aeroporto de Goiânia quando apoiadores entregam a criança a ele. O deputado federal segura a menina no colo e a auxilia a fazer o sinal com as mãos, usando os dedos polegar e indicador, de forma que se assemelham a um revólver. Em seguida, o deputado federal também faz o gesto, sorrindo.

No vídeo, é possível ver que apoiadores reunidos em torno do carro de som também fazem o gesto com as mãos, copiando o deputado. A criança fica pouco mais de um minuto no colo de Bolsonaro, que logo a devolve e começa a discursar aos presentes.

UOL tentou contato com Bolsonaro por um número de celular na noite desta sexta, mas as ligações não foram atendidas. O mesmo ocorreu nas tentativas de contato com um assessor do presidenciável. A reportagem também enviou uma mensagem de Whatsapp ao pré-candidato, que até as 0h09 de sábado ainda não havia sido visualizada.

UOL procurou ainda o deputado delegado Waldir (PSL-GO), que acompanhava Bolsonaro na agenda em Goiânia, mas as ligações caíram na caixa postal.

Em entrevista ao jornal “O Globo”, Waldir disse que a criança foi entregue ao pré-candidato pelos pais, que teriam pedido a ele para que fizessem o símbolo. Disse ainda que o gesto feito por Bolsonaro significa “coragem” para pessoas de bem, mas que “para o bandido pode ser uma arma”.

Bolsonaro lidera as principais pesquisas de intenção de voto nos cenários em que não aparece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato pelo PT. Revogar o estatuto do desarmamento e permitir o acesso da população a armas, com restrições, é uma das principais propostas de governo do deputado.

A campanha de Bolsonaro deverá ser oficializada neste domingo, durante convenção nacional do PSL no Rio de Janeiro.

Presidenciáveis criticam gesto

A atitude de Bolsonaro foi criticada por outros pré-candidatos à Presidência. Marina Silva (Rede) utilizou sua conta no Facebook para dizer que “como mãe e professora, fiquei estarrecida ao ver um candidato ensinar uma criança a fazer gesto de revólver com as mãos.”

A também pré-candidata Manuela D’Ávila (PCdoB) chamou Bolsonaro de “inominável” na publicação em que critica a atitude do deputado.

No Facebook, o pré-candidato à Presidência Guilherme Boulos (PSOL) afirmou que “a arma que defendemos para nossas crianças é uma boa educação!”. Ele acrescentou que Jair Bolsonaro é “inimigo do Brasil”.

*Com Estadão Conteúdo

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: