Wall Street Journal indica que o smartphone já está sendo testado e deve ser lançado no mês que vem em parceria com a operadora Verizon nos Estados Unidos. O preço do smartphone deve ser bem salgado: US$ 1.500, cerca de R$ 5.590 em conversão direta para a nossa moeda.

A Mobile World Congress 2019 acontece a partir do dia 20 de fevereiro e pode ser o palco de lançamento do novo dispositivo da Lenovo. A dúvida que fica agora é: será que o aparelho terá um design flip, similar aos primeiros aparelhos com a marca Razr?

A linha da Motorola é uma das mais icônicas do mercado de smartphones e fez seu nome com o modelo Razr V3, que está entre os 10 smartphones mais vendidos da história, mesmo tendo um preço mais alto que o comum na época em que foi lançado, em 2004.

Segundo o Wall Street Journal, a Lenovo deve ter uma aproximação similar ao do primeiro Razr e vender o novo produto como um dispositivo de nicho. As fontes do jornal apontam que a fabricante pretende fazer cerca de 200 mil unidades do aparelho dobrável.

Desde 2014, quando a Lenovo adquiriu a Motorola, não temos grandes novidades envolvendo a linha Razr. A última grande aparição da marca aconteceu em 2011, com o lançamento do Droid Razr, que trazia especificações poderosas para a época, mas acabou não fazendo tanto sucesso quanto esperado.