Cinco motivos para o torcedor do América-RN acreditar em vaga para as quartas de final

O América-RN precisa se livrar do “inferno” da Série D do Campeonato Brasileiro e, para isso, encara a Jacuipense no que considera o “jogo do ano”. Após o empate por 0 a 0 na Arena das Dunas, em Natal, uma vitória no tempo normal garante a classificação rubra para as quartas de final. A equipe de Moacir Júnior ainda tem a chance de, se empatar novamente, buscar a vaga nas cobranças de pênalti. A partida está marcada para o Estádio Valfredão, em Riachão do Jacuípe, que fica a 191 km de Salvador.

Listamos abaixo cinco motivos para o torcedor americano acreditar na classificação para o último mata-mata antes do acesso à Série C.

1. Força na defesa

O América-RN é o dono da melhor defesa da Série D. A equipe rubra só sofreu dois gols em nove jogos. O goleiro Ewerton tem sido um dos destaques da equipe e, no primeiro jogo contra a Jacuipense, fez duas defesas fundamentais para evitar a derrota em casa. Também vale ressaltar a dupla de zaga formada por Adriano Alves e Alisson Brand, titulares ao longo da temporada, além da experiência de Alison, que esteve sempre pronto para dar conta do recado quando acionado.

Ewerton salvou o América-RN no jogo de ida contra a Jacuipense — Foto: Pedro Vitorino

Ewerton salvou o América-RN no jogo de ida contra a Jacuipense — Foto: Pedro Vitorino

2. Ataque de respeito

Ao lado do Manaus, o América-RN também tem o melhor ataque da Série D, com 22 gols em nove jogos. É verdade que o time rubro passou em branco no último fim de semana, mas é preciso apostar as fichas em Adriano Pardal, Jean Patric e Max. Este trio – que soma 10 gols na competição – merece todo respeito pela temporada que fez e ainda terá o reforço do meia Roger Gaúcho, que retorna de suspensão. Basta balançar as redes uma única vez e Ewerton garantir lá atrás.

Max é o artilheiro do América-RN na Série D, com cinco gols — Foto: Pedro Vitorino

Max é o artilheiro do América-RN na Série D, com cinco gols — Foto: Pedro Vitorino

3. Superação fora de casa

O técnico Moacir Júnior frisou dois momentos da temporada 2019 em que o América-RN foi colocado à prova longe de Natal. O primeiro aconteceu na final do segundo turno do estadual, contra o Potiguar, em Mossoró. Com o adversário tendo a vantagem do empate, o Mecão foi ao Nogueirão e venceu por 2 a 0. O outro momento é da própria Série D, na virada do returno da primeira fase. Após empatar com o Bahia de Feira na Arena das Dunas, o América-RN viajou para Feira de Santana com a possibilidade de perder a liderança do Grupo A6 em caso de derrota. Na Arena Cajueiro, o Alvirrubro levou a melhor por 2 a 1 e encaminhou a classificação para o mata-mata.

América-RN venceu segundo turno , Campeonato Potiguar — Foto: Diego Simonetti/Blog do Major

América-RN venceu segundo turno , Campeonato Potiguar — Foto: Diego Simonetti/Blog do Major

4. Tradição e paixão

Dono de 36 títulos estaduais e campeão do Nordeste em 1998, o América-RN é um clube de tradição no futebol brasileiro. Com uma história centenária – completará 104 anos de existência no dia 14 de julho -, o Alvirrubro figurou na Série A do Brasileirão pela última vez em 2007. Na Série D desde 2017, sempre foi apontado como favorito justamente por esta trajetória de vitórias. Chegou a hora de comprovar este favoritismo em campo. Também vale destacar a apaixonada torcida, pela fidelidade nos momentos ruins, sendo hoje a responsável pelo maior público da Série D – 13.655 espectadores no jogo de ida contra a Jacuipense – e a melhor média de público entre todos os participantes do campeonato.

América-RN tem a melhor média de público da Série D — Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com

América-RN tem a melhor média de público da Série D — Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com

5. Base campeã

Nas duas vezes anteriores em que disputou a Série D, em 2017 e 2018, o América-RN se viu obrigado a fazer verdadeiras transformações entre o Campeonato Potiguar e o início do Brasileiro. Mal no estadual, contratou os técnicos Leandro Campos (2017) e Ney da Matta (2018) e teve que formar times praticamente do zero. Caiu nas quartas de final (para a Juazeirense) e na segunda fase (para o Imperatriz), respectivamente. Em 2019, a história foi bem diferente. Campeão estadual ao superar o rival ABC na decisão, o Alvirrubro conseguiu manter o grupo e garantiu a continuidade do trabalho do técnico Moacir Júnior. Fez uma primeira fase muito boa, consistente, passou pelo América-PE no primeiro mata-mata e agora tem que superar os “fantasmas do passado” para alcançar novamente as quartas de final, no que seria o último passo antes do acesso à Série C.

América-RN foi campeão potiguar este ano e manteve toda a equipe para a Série D — Foto: Pedro VitorinoAmérica-RN foi campeão potiguar este ano e manteve toda a equipe para a Série D — Foto: Pedro Vitorino

América-RN foi campeão potiguar este ano e manteve toda a equipe para a Série D — Foto: Pedro Vitorino

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − onze =

%d blogueiros gostam disto: