Bruna Surfistinha dispara: ‘Me chame de puta, mas não me chame de bolsominion’

Raquel Pacheco, mais conhecida como a ex-garota de programa Bruna Surfistinha, voltou a causar polêmica nas redes sociais. É que ontem, em um post publicado no Twitter, a loura manifestou brevemente sua opinião política sobre o atual governo e recebeu ataques de internautas que saíram em defesa do presidente Jair Bolsonaro.

Em tom de deboche, Bruna criticou não só o governo e seus apoiadores. “Me chame de puta, mas não me chame de ‘bolsominion’, pelo amooor de Deus!”, escreveu ela no microblog. Em pouco tempo, a publicação atingiu a marca de 29 mil likes e 8 mil retweets de pessoas que saíram na defesa da moça, autora do best-seller “O Doce Veneno do Escorpião — O Diário de uma Garota de Programa”, que também deu origem ao filme “Bruna Surfistinha” nos cinemas.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =

%d blogueiros gostam disto: