Blogueiro bolsonarista, que postou vídeo contra Boulos, é preso outra vez pela PF

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (17) o bolsonarista Oswaldo Eustáquio por ter burlado decisão de Alexandre de Moraes, do Supremo.

Ele terá que usar tornozeleira eletrônica a partir de agora, em nova determinação do ministro.

O blogueiro não poderia sair de Brasília sem autorização prévia, mas recentemente foi a São Paulo, onde fez uma suposta matéria jornalística contra Guilherme Boulos (PSOL).

A PF também cumpriu busca e apreensão na residência de Eustáquio e, por determinação de Moraes, deveria apreender os aparelhos eletrônicos do blogueiro.

Em nota, a assessoria dele disse que “a prisão é ilegal, imoral e inconstitucional por crime de opinião, sendo assim rasgada a Constituição Brasileira” (leia a nota na íntegra abaixo).

Na suposta reportagem, o bolsonarista acusava o candidato do PSOL de ter contratado empresas de fachada na eleição.

O vídeo com informações falsas, que dizia revelar o “laranjal de Boulos”, foi usado por Celso Russomanno (Republicanos) durante debate dos concorrentes à Prefeitura de São Paulo.

Dias depois, no entanto, a Justiça Eleitoral ordenou a retirada do ar da suposta matéria e, em seguida, determinou a suspensão da conta dele no YouTube. A decisão veio após a campanha de Boulos entrar com uma ação acusando o blogueiro de propagar fake news.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: