“Bizarro é Bolsonaro aceitar apoio do PR”, diz Chinaglia

Arlindo Chinaglia negou a O Antagonista que tenha sido designado pelo PT para negociar uma chapa com Valdemar Costa Neto, mas disse que, sim, tem conversado com lideranças de vários partidos sobre o cenário eleitoral.

O deputado reforçou que, hoje, a tendência é mesmo que o PR apoie Jair Bolsonaro.

“Ainda tem um pouco de água para passar embaixo das pontes, mas se fôssemos analisar o cenário atual, o PR está mais próximo do Bolsonaro do que de qualquer outra candidatura.”

Chinaglia acredita que Valdemar tem optado por colar em Bolsonaro como “estratégia para aumentar a bancada federal”, de olho, principalmente, no potencial de votos do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável, em São Paulo.

“Ele [Eduardo], possivelmente, terá uma votação maior do que já teve e isso ajudaria a sigla [o PR]. Se projetarmos para o Rio de Janeiro, a força da família [Bolsonaro] é ainda maior.”

Se não é estranho o partido do mensaleiro apoiar Bolsonaro?

“O bizarro é o contrário: Bolsonaro aceitar esse apoio.”

Por Antagonista

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: