Aulas seguem suspensas em Natal por tempo indeterminado

A secretária de Educação de Natal, Cristina Diniz, afirmou nesta terça-feira (14) que a retomada da distribuição de cestas básicas para alunos da rede municipal de ensino depende do repasse de novos recursos por parte do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, do Governo Federal.

“A primeira remessa foi adquirida com recursos municipais e essa segunda com recursos federais, oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, e nós já recebemos cinco parcelas neste ano. A primeira foi repassada para as escolas, porque ainda não estávamos em período de pandemia e os gestores precisavam adquirir a merenda das suas escolas. Estamos com quatro parcelas e agora aguardando a quinta parcela, para comprarmos as 58 mil cestas com complemento alimentício”, explicou a secretária, ao participar de sessão virtual da Câmara Municipal de Natal, para prestar esclarecimentos.

Quanto ao questionamento dos parlamentares sobre o retorno das aulas, Cristina Diniz acrescentou que ainda não há previsão. “Nós não podemos ainda dizer uma data fixa, dizer tal dia e mês, porque estamos vivendo essa pandemia e o momento é de cautela”, finalizou.

Para o vereador Maurício Gurgel (PV), que requereu à Casa o pedido de convocação da secretária, a participação dela foi proveitosa.

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: