Após previsão de morte, pai de santo de Arlindo Cruz deixa fãs desesperados com revelações

Recentemente, Arlindo Cruz surpreendeu ao aparecer renovando os votos de sua religião. Depois do AVC que sofreu e quase o tirou a vida, o sambista surgiu em uma foto no terreiro de candomblé. Na imagem, o cantor ficou sentado em uma cadeira de rodas com guias no pescoço, enquanto a cerimônia acontecia. O pai de santo do artista é o Babalorixá Walace Luiz. Com 25 anos como líder religioso, ele está à frente do Ilê OLOFIN, localizado em Vargem Grande, Rio de Janeiro, e concedeu uma entrevista para Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Na conversa, ele revelou que chegou a prever a morte de Beth Carvalho, que faleceu na última terça-feira. “Através da espiritualidade, auxilio algumas personalidades. Entre elas está a família do Arlindo Cruz. O sambista, em especial. A Babi (Bárbara Cruz), esposa do Arlindo, me procurou dizendo que Beth Carvalho estava muito mal de saúde, internada no hospital. Ela me pediu para que eu ajudasse a Beth espiritualmente e eu, na mesma hora, aceitei porque acredito fielmente que a fé pode remover montanhas, cura. A Babi estava inconsolável com a situação da Beth, bastante emocionada”, contou ele.

Pai de santo de Arlindo Cruz previu a morte de Beth Carvalho
Pai de santo de Arlindo Cruz previu a morte de Beth Carvalho

O pai de santo chegou a revelar que visitou Beth Carvalho no hospital: “Fui com a Babi até o hospital em Botafogo. Ela não estava bem, estava bem debilitada, cansada e sentia fortes dores. Conversamos um pouco, fiz uma oração e uma limpeza espiritual nela no hospital mesmo. Não quero me gabar, porque não sou Deus e não faço milagres, mas, senti que depois das orações ela ganhou mais ânimo. Combinamos de nos encontrarmos no terreiro assim que ela tivesse alta. Ela queria vir, eu senti nela vontade de vencer a doença. Cheguei a me reunir com os meus filhos de santo para falar sobre a chegada dela aqui. Ela precisava de um esquema especial porque precisava ficar deitada. Então começamos a pensar como seria feito cada ebô (oferendas nas religiões afro-brasileiras)”.

Sobre a previsão da morte da cantora, o religioso fez declarações alarmantes: “Não posso me estender muito em relação a isso, é uma questão ética. Mas, quando saí do hospital, cheguei no meu terreiro tomei banhos de ervas e, algumas horas depois, abri os búzios para, através dos orixás, saber o que eu deveria fazer para ajudar a Beth. O jogo não era positivo, falava de dor, morte e sofrimento. Era algo realmente preocupante. Mas o jogo também falava que eu poderia ajudá-la caso ela fosse até o meu terreiro. Vi a morte rondar ela. Infelizmente o destino não permitiu que ela chegasse até o terreiro para darmos continuidade ao que foi feito no hospital”.
Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 10 =

%d blogueiros gostam disto: