ABC goleia o Confiança por 4 a 0 e respira mais aliviado na classificação

O torcedor abecedista voltou a ver o futebol de campeão estadual apresentado pelo ABC, que neste sábado voltou a vencer na Série C, após um jejum de sete partidas, sendo cinco apenas dentro do Brasileirão. A zica foi espantada com maestria, o Alvinegro fez 4 a 0 no Confiança e passou a morder os calcanhares dos sergipanos e orbitar o G-4 novamente, além de conseguir uma gordurinha para queimar na luta contra o rebaixamento. Os gols foram marcados por Luan, Higor Leite, Marcos Júnior e Erivélton.

O time potiguar voltará a campo domingo, quando encara o Salgueiro, também no Frasqueirão às 16 horas, num jogo em que uma nova vitória pode jogar definitivamente o ABC outra vez na briga por uma das quatro vagas do grupo para segunda fase.

Em busca de afastar a maré de baixa, o ABC assumiu o controle do jogo logo de cara e ficou rondando a área da equipe sergipana, que demonstrava a intenção de explorar a situação incômoda na qual a equipe potiguar foi a campo, necessitando dos três pontos de qualquer jeito.

Sem deixar brechas na marcação e buscando as descidas em velocidade pelas laterais, numa delas Arêz teve duas chances de abrir o placar, mas o goleiro Genivaldo salvou a primeira é o lateral abecedista isolou a segunda, com.gol livre à sua frente.

Porém o Confiança mostrou que não estava apenas em busca de explorar o desespero dos donos da casa e numa descida de Radar pela esquerda, veio o cruzamento, Léo Ceará se antecipou aos zagueiros, desviou e acertou o travessão do goleiro Edson.

O ABC se recuperou dos susto com outra boa descida pela direita, que se mostrava o caminho mais fácil de atacar. Dessa vez Higor Leite lançou Arêz que cruzou, mas Luan, livre na área, se esticou todo e não conseguiu desviar a bola para a direção das redes.

Depois foi a vez de Luan apertar a marcação sobre o adversário junto com Leandrão, o ponteiro saiu com a bola dominada, passou por dois adversários e, de dentro da área, chutou para o goleiro sergipano realizar boa defesa e mandar para escanteio. Na cobrança, a bola caiu a feição para o zagueiro Vinícius, que bateu muito mal na bola desperdiçando outra boa chance.

Sentindo a fragilidade momentânea do adversário a equipe potiguar continuou martelando o sistema defensivo azulino e levando franca vantagem sobre o seu marcador, Luan recebeu bola na esquerda, entrou driblando na área e sofreu pênalti de Fabrício. Ele mesmo pediu para cobrar, foi lentamente para a bola e marcou 1 a 0, aos 30 minutos.

Sentindo o desespero do seu lateral direita, Luizinho reforçou a marcação pelo setor, o ABC também diminuiu o ritmo, mas ainda assim quase ampliou o marcador numa falta cobrada por Higor Leite, que acertou o travessão.

Com dificuldade de entrar com a bola dominada, os sergipanos os investiam nas jogadas de bola parada e chegaram com perigo no final da etapa, quando Raí levantou a bola na área e Léo Ceará apareceu para desviar e assustar Edson, que viu a bola passar muito perto do gol.

O placar bom para os potiguares era péssimo para o Confiança, que pela primeira vez na competição pode acabar a rodada fora do G-4, tudo aquilo que Luizinho Lopes não queria faltando quatro rodadas para o fim da primeira fase. Dessa forma ele estaria ampliando o raio de disputa por uma vaga na segunda fase dentro do grupo A.

Frente a situação os sergipanos não tinham outra alternativa que não fosse mudar a postura em campo. Realmente a equipe avançou suas linhas, mas o ABC não aceitou a pressão e logo aos sete minutos ampliou, quando Felipe Guedes ganhou bola na entrada da área e serviu para Higor Leite tocar para o fundo da rede e fazer 2 a 0.

O terceiro veio aos 14, em outra bola roubada no setor ofensivo, Higor Leite recebeu na entrada da área e bateu cruzado para Marcos Júnior aparecer por trás da zaga e marcar o gol que tranquilizou de vez a equipe na partida. Enfim os torcedores que estavam no Frasqueirão puderam ver aquela equipe que passaram a admirar de volta.

Com a excelente vantagem, o ABC passou  a jogar mais atrás, diminuiu o ritmo novamente e ficou a espera do adversário, que continuava com muita dificuldade para furar o bloqueio defensivo alvinegro, devido ao futebol solidário apresentado pelos potiguares.

Como estava difícil entrar na zaga, Léo Ceará quase diminuiu a diferença, mas para azar do atacante e sorte de Edson, que estava fazendo apenas a sua segunda partida no Brasileirão, a bola mais uma vez explodiu no travessão. Neste momento o esforço realizado já cobrava seu preço, nas aos 35 numa descida pela direita, Rodrigo Rodrigues cruzou e Erivélton, a exemplo de Marcos Junto no gol anterior, apareceu livre de marcação para escorar e fazer 4 a 0.

O Confiança depois disso até a tentou e teve chance de fazer o gol de honra em Natal, mas definitivamente os deuses do futebol estavam trajados de alvinegro neste sábado e impediram o gol de sair.

Ficha técnica:

ABC: Edson, Arêz, Vinícius, Henrique e Igor; Anderson Pedra (Leomir), Felipe Guedes, Marcos Júnior e Higor Leite; Leandrão (Rodrigo Rodrigues) e Luan (Erivélton). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Confiança: Genivaldo, Fabricio, Renato Camilo, Rodolfo e Radar; Everton (Caxito), Rafael Villa e Raį (Ítalo), Tito (Frontini), Léo Ceará e Iago.  Técnico: Luizinho Lopes
Árbitro: Pathrice Wallace Corrêa (RJ)

Gols: Luan/ABC (30’/1T), Higor Leite/ABC (7’/2T), Marcos Júnior/ABC (14’/2T)
Público:
Renda: R$ 16.410,00
Local: Estádio Frasqueirão

Fonte: Tribuna do Norte (Foto: Magnus Nascimento)

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Matias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =

%d blogueiros gostam disto: