A Copa nem acabou e já aconteceu tudo isso enquanto você assistia aos jogos

Realmente aconteceu MUITA coisa na política brasileira desde quando a bola começou a rolar lá na Rússia. Eis algumas delas:

1. O solta-e-prende Lula

Lula

Lula – José Cruz – EBC

Enquanto o país ainda assimilava a eliminação da seleção brasileira no jogo contra a Bélgica, quase todo o mundo foi prego de surpresa com ação de três deputados do PT que estiveram perto de colocar o ex-presidente Lula em liberdade.

Numa jogada casada com o desembargador plantonista do TRF-4, Rogério Favreto, uma ordem de soltura foi feita — mas não se concretizou porque o juiz Sérgio Moro, de primeiro grau, deu uma contra ordem e embaralhou o meio de campo.

Devido a isso, o relator do processo, Gebran Neto, promoveu novo despacho, também impedindo a soltura. O caso só acabou definido quando o presidente do Tribunal, Thompson Flores, pôs um ponto final e manteve Lula encarcerado.

2 . Liberdades e mais liberdades

Dirceu

Dirceu EBC

Durante a Copa quem se beneficiou com decisões do da Segunda Turma do STF foi o ex-ministro José Dirceu, que, agora, aguarda seu processo em liberdade.

Além dele, a Justiça também soltou o ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (MDB), que estava preso devido a suspeitas de desvios nas obras do estádio da Dunas, em Natal (RN).

Outro que se beneficiou foi o banqueiro André Esteves, que acabou absolvido da acusação de obstruir a Justiça num suposto esquema de comprar o silêncio do filho de Nestor Cerveró (ex-Petrobras), a partir de uma delação de Delcídio Amaral.

A presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, também foi inocentada de receber própria do esquema da Petrobras.

3. Máfia da Merenda

A Segunda Turma do STF também trancou ação contra o deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP), suspeito de participar do esquema que ficou conhecido como Máfia da Merenda.

4. Defensivos agrícolas (ou agrotóxicos)

Câmara

No período de Copa, uma comissão especial do Congresso aprovou leis que flexibilizam regras para a aprovação de uso de defensivos agrícolas. A matéria, no entanto, ainda seguirá para o plenário.

5. Prejuízo para a Petrobras

EBC

Enquanto a bola rolava nos gramados russos, as Petrobras perdeu uma disputa judicial com a a americana Vantage Drilling Internacional. Coisa de R$ 2,45 bilhões. A empresa promete recorrer.

6. Violência

Era dia de jogo do Brasil e Costa Rica quando um adolescente de 14 anos morreu após ser baleado durante uma ação da polícia contra o tráfico de drogas no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

Bruna Silva, mãe do menino Marcos Vinícius — que levou um tiro e morreu enquanto ia para a escola, no Complexo da Maré —, deu um forte depoimento na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, na quarta (11).

7. Pauta-bomba

Câmara

No apagar das luzes do ano legislativo, o Congresso também derrubou uma série de medidas que evitariam o crescimento de gastos para 2019. Na prática, servidores poderão ter aumento e não haverá redução de 5% nos gastos públicos. A ação toda deve levar a um déficit de R$ 132 bilhões para o setor público.

8. Gripe A

Não bastasse tudo isso, ainda foram identificadas mortes pela gripe A no Rio Grande do Sul.

9. Caso Marielle

Ricardo Moraes / Reuters

Às vésperas dos quatro meses do assassinato da vereadora Marielle Franco, a Anistia Internacional criticou o andamento das investigações e pediu uma comissão externa e independente para acompanhar o desenrolar do caso.

10. Crivella

Marcelo Crivella

Antonio Cruz – EBC

O prefeito do Rio conseguiu derrubar os pedidos de impeachment que corriam contra ele na Câmara. Ele, no entanto, ainda é alvo de duas coletas de assinaturas para a criação de CPIs para investigar benefícios a integrantes da Igreja Universal. O Tribunal de Contas do Município pediu explicações sobre por que o prefeito não evitou déficit nas contas do ano passado.

11. E haja pedido para soltar Lula…

Divulgação

Não foi só o caso Favreto-Moro-Gebran-Flores que agitou o Judiciário com Lula. A presidente do STJ, Laurira Vaz, irritou-se ao receber 143 pedidos de liberdade padronizados feitos para soltar o ex-presidente. Todos foram negados.

12. Deputados presos, mas ainda deputados

O Conselho de Ética da Câmara arquivou pedidos de cassação de dois deputados presos – Celso Jacob (MDB-RJ) e João Rodrigues (PSD-SC).

13. Bolsonaro sem Magno Malta

Nilson Bastian – EBC

Parece que chegou ao fim o noivado do senador Magno Malta (PR) com o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Malta quer tentar a reeleição no Senado. Com isso, ganha força a possibilidade de Janaína Paschoal (aquela do impeachment) virar vice na chapa do militar conservador. Ela nega.

14. Lula não pode fazer campanha da cadeia

Lula

Marcelo Camargo

A Justiça proibiu Lula de fazer comícios e gravações da cadeia para tentar bombar a militância do lado de fora da sede da PF em Curitiba.

BuzzFeed

Compartilhe isso:

Recommended For You

About the Author: Terra Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda pé
%d blogueiros gostam disto: